Oi pessoal

Com os dias ficando mais longos e mais quentes do nosso lado da linha do Equador, as vibrações do verão vêm chegando e começamos a planejar as férias.

Para manter essa sensação de verão, vamos levar vocês até o sol de Barcelona, onde teremos a oportunidade de conhecer melhor a criadora deste mês. Apresentamos a vocês uma videasta inspiradora, Florie Berrehar.

https://eyekaen.uservoice.com/assets/120138793/13124596_930908940341241_8746623502289409999_n_1_.jpg

Poderia nos falar um pouco sobre você e sobre a sua história?O que você faz, além das suas criações incríveis na eYeka?

Além da eYeka, eu escrevo muito, memorizo as ruas de Barcelona, tento aprimorar minhas habilidades de “não-skate”, como morcilla con cebolla, faço muita corrida, estudo filosofia na universidade, rodo filmes corporativos, tento aprender espanhol, rodo filmes não corporativos e, é claro, tento encontrar mais tempo para passar na eYeka.

Você é membro da eYeka há cerca de três anos. Poderia nos dizer quando e por que decidiu entrar nesta plataforma?

Tenho que admitir que não tinha percebido que já fazia três anos... mas isso deve explicar por que não me lembro de como topei com a eYeka! Acho que estava passeando na internet, procurando uma forma de encontrar clientes. Mas, sem dúvida, a eYeka foi uma grande descoberta!

https://eyekaen.uservoice.com/assets/120138805/10404069_10205187978598314_3336085790177362290_n.jpg

Você poderia compartilhar o seu processo criativo nos concursos eYeka? O que te inspira?

Primeiro de tudo, só entro em concursos que despertam a minha vontade de criar. Quando vejo um briefing que me atrai, não consigo dar meia volta; não paro de pensar nele enquanto não encontro a ideia que me parece certa. Não tenho um processo de criação específico. É mais... uma obsessão que atravessa o meu caminho.

Até agora, você teve 8 propostas aceitas e ganhou 4 prêmios! Parabéns! Como você consegue? Qual é o seu processo de criação?

Bem... eu fico com uma obsessão e, então, trabalho duro para me livrar dela, esse é o processo geral.

Cada briefing é uma história diferente. Em geral, escrevo um montão de caminhos criativos até encontrar O caminho. Aí, começo a pensar em imagens, a procurar o cenário perfeito, o modelo perfeito... quando estou satisfeita com toda a preparação, eu filmo. Mas sempre faço porque gosto. Eu acho que isso é essencial.

https://eyekaen.uservoice.com/assets/120138781/10384840_640512776047527_3078825910719975230_n_1_.jpg

Você tem um projeto preferido, do qual se sente especialmente orgulhosa? Se for o caso, por que esse?

Orgulhosa... Orgulho é uma palavra muito grande! Digamos que eu fico feliz quando crio um conteúdo que o cliente vai apreciar e curtir. O que me dá orgulho é ver pessoas rindo ou se divertindo com os vídeos que faço. E o projeto que foi recebido com o maior entusiasmo foi o da BIC 4 Cores. Uma história de amor que fala a todos ;)

Quando você percebeu que queria ser videasta? (por quê?)

Até onde me lembro, sempre quis trabalhar na área da publicidade. Só que nem sempre foi pelas mesmas razões. Quando tinha 6 anos, queria ser modelo de propagandas de chocolate (para poder comer UM MONTE de besteira de graça!). Alguns anos depois, entendi que não podia fazer isso sem ficar gorda e cheia de espinhas. Foi quando o meu pai comprou uma câmera para as viagens da família.

Então, comecei a filmar. No início, comerciais satíricos e, em seguida, curtas-metragens bobos e malucos. Os anos passaram... e comprei uma 5D. Agora, simplesmente tento dar o melhor de mim. E o que faço melhor é escrever histórias, misturar palavras, colocar isso tudo em imagens.

O que você conseguiu fazer ou realizar com os prêmios que ganhou?

O primeiro prêmio que ganhei foi como um eletrochoque. Na época, eu planejava sair de Paris para começar uma nova vida em Barcelona. Mas eu tinha tudo em Paris. E esse “tudo” me segurava. Rede profissional, clientes, amigos, uma cama da IKEA incrível, ex-namorado etc. Aí, quando recebi o meu primeiro prêmio, subi na prateleira, peguei minha mochila e preparei minha bagagem. Duas semanas depois, estava em Barcelona, começando a escrever o meu primeiro roteiro mais longo.

https://eyekaen.uservoice.com/assets/120138799/18109831_1215883991843733_1397655864_n_1_.jpg

Se você pudesse descrever a eYeka em 3 palavras, quais seriam?

Minha dose mensal de EMPOLGAÇÃO e DESAFIO que impulsiona e recompensa a minha CRIATIVIDADE

Por fim, que conselho você daria aos novos criadores?

Simplesmente corram atrás e curtam cada etapa do processo! (Isso soa meio clichê, mas, no final, é a única coisa que realmente importa...)

https://eyekaen.uservoice.com/assets/120138787/10690178_10205403554346863_4045105876277401919_n_1_.jpg

Muito obrigado por nos dar um pouco do seu tempo, Florie. Continue a inspirar a todos nós e aos nossos criadores. Mal podemos esperar para ver seus novos vídeos!