Oi criadores e antes de qualquer coisa, FELIZ ANO NOVO!

Nesse começo de 2016 (em que lhe desejamos muita felicidade, energia e criações), queremos apresentar o Fabien Delescluse, alias YESYUKOM, nosso criador do mês de Janeiro e um verdadeiro entusiasta! 

A0124c80758f0133b5b50a1e243ccdfe

Oi todo mundo, meu nome é Fabien Delescluse e tenho 36 anos. Passei minha infância e adolescencia em uma escola particular católica. Se você assistiu "Dead's Poet Society", então você sabe como esses anos foram para mim! É pouco dizer que eu realmente me senti fora do lugar lá: você não podia falar, nem contradizer os métodos e ficar sentado em uma cadeira cerca de oito horas por dia... De qualquer forma, se você tem uma criança criativa um dia, por favor, não faça isso com ela! Em 1993, entrei na Escola de Belas Artes chamada "St. Luc" em Tournai, na Bélgica. Là, eu descobri um novo mundo fantástico, cheio de diversidade artística e cultural. Aprendi diferentes métodos de expressão visual, diferentes sensibilidades e técnicas de comunicação. Depois de me formar em 1999, eu decidi ir passar um tempo fora e morei um ano em os EUA para estudar meu TOEFL (Teste de Inglês como Língua Estrangeira). Essa experiência continua sendo extraordinária até hoje. Imaginem só: 58 nacionalidades convivendo num país de expressão cultural. Agora misture isso tudo e você vai ver a magia e tudo que há de bom nessa experiência única. Esse país ainda está no meu coração para todos os seus aspectos construtivos. Miami, Nove Iorque, Nova Orleans, Austin, São Francisco, São Diego e mais: eu redescobri a definição da palavra "GRANDE". Foi só quando eu voltei para a minha terra natal que eu comecei a tentar transcrever a energia americana no meu paqueno país. E não foi uma coisa fácil de fazer. As barreiras não são apenas culturais, mas também económicas. Como compartilhar uma experiência igual a essa? Como traduzir uma idéia, uma ambição? A comunicação visual continua sendo a melhor forma de expressar tudo isso rapidamente. E foi daí que eu criei a minha primeira agência freelance: YES YUKOM.

Quando e como você descobriu a eYeka? Conte-nos a sua primeira experiência em nossa plataforma.

No dia 27 de fevereiro de 2015, eu vi um anúncio nos meus e-mails explicando o conceito da eYeka. Eu dei uma olhada no site e instantaneamente achei um concurso que combinava comigo. Não foi nem preciso pensar... Bastava fazer.

"Bem-vindo na eYeka! Por favor, clique no link abaixo para confirmar sua inscrição e ativar sua conta."... Click!

Quanto ao resto, tem sido quase tão fácil como descer de um escorrega! Eu não ganhei nada de imediato, mas tive bastante estímulo para continuar tentando!

Por que participar em concursos? O que mais atrai você no sistema de crowdsourcing?

Com a eYeka, o tamanho do playground é diferente. Todos podem participar, as idéias viajam de verdade, não há mais barreiras: só a qualidade da idéia é levada em conta, sem inibições. De um ponto B (briefing) passando pelo ponto C (criação) até o ponto final (cliente) sem qualquer distorção! E também é uma ótima maneira de mostrar seus trabalhos às pessoas rapidamente e sem qualquer conflito de egocentrismo ou conflitos internos de interesse, como em uma agência conhecida.

Você se inscreveu em 52 concursos até hoje, participou de 28 deles e ganhou 4 prêmios na eYeka em menos de um ano! Impressionante! Conte-nos seu funcionamento e processo de criação.

Obrigado! Eu me lembro muito bem o primeiro concurso que eu ganhei... eu realmente dancei em cima da minha cama! Sobre a criatividade, é sempre o mesmo processo. Antes de tudo, você precisa de paixão... sem paixão, não existe criação! Quando você está na frente de um briefing, você precisa se sentir como um cachorro na frente de uma nova bola. E o mais importante, você precisa liberar sua cabeça de qualquer lógica. Quando envelhecemos, tendemos a pensar que já sabemos tudo e ficamos presos em preconceitos. Nesse caso, fazer isso é impossível. Você precisa ter uma mente aberta, que nem um recém-nascido e começar do zero. Você tem que se relaxar e não tentar controlar nada. Pense que existem milhares de soluções, mesmo que você ainda não vê-las. Agradeço ao meu filho Paul, que tem 9 anos, por me lembrar disso todos os dias, porque as crianças o fazem naturalmente. Isso é o que eu mais amo neste trabalho: você se sente tão vivo quando você encontra uma nova idéia. Curiosidade e observação das coisas mais insignificantes de sua vida cotidiana são para mim os elementos essenciais do processo de criação e uma fonte inesgotável de inspiração. Eu nunca me canso de observar a vida. Imagine o que seria o mundo de hoje se os primeiros homens não tinha sido criativos? De qualquer forma, a criatividade é como um músculo, você pode exercitála!

O que você pode fazer com os concursos e os prêmios que você ganhou? Qual será sua próxima conquista?

Eu pude investir na minha empresa YES YUKOM e adquirir uma visibilidade internacional graças aos concursos. Eu também pude iniciar um projeto chamado My Lucky Bird, que é escultura de pássarinhos e foi muito importante para mim. Me permite expressar através do design, a ligação vital entre os seres humanos e a natureza. E o mais importante, passei férias incríveis surfando com meu filho nas ondas de Fuerteventura e Portugal.

Como você descreveria eYeka em uma frase curta?

Se os criadores fossem mutantes, eYeka sería sem dúvidas o CEREBRO! A ferramenta perfeita para achá-los todos!

Conclusão?

Eu gostaria de agradecer os criadores e todos que trabalham na eYeka por pôr em prática um sistema futurista para todos os criativos. E, no futuro, tanto para clientes como para criadores, se você ainda está se perguntando "Será que devemos trabalhar com a eYeka", não pense mais... a resposta é um grande "SIM"!

Muito obrigada Fabien! Você faz com que todos nós queremos nos destacar e criar sem parar! Desejamos-lhe um ano maravilhoso, cheio de sucesso e realizações... e, claro, um monte de prêmios na eYeka!